Como as empresas podem aprender a lidar com crises como a pandemia do coronavírus?

  • 20 dias
  • Fênix consultoria

Lidar com crises é uma característica importante para empresas que querem alcançar o sucesso e a pandemia do coronavírus nos trouxe uma série de aprendizados capazes de nos deixar ainda mais conscientes da importância da resiliência e da antecipação de problemas.

No texto de hoje, vamos falar um pouco sobre os aprendizados que a pandemia vai nos deixar e o que mudou em relação à forma como enxergamos os negócios e as possíveis crises que ainda podem chegar nos próximos anos. Confira abaixo!

Por que é importante lidar com crises com sabedoria?

Muitos empresários abrem seus negócios não pensando nas crises que podem chegar. Ou seja, passam a mover céus e terras para ter uma empresa, porém, levando em conta apenas cenários positivos, onde nada sai do controle.

Com a crise do coronavírus, entendemos que lidar com esse tipo de problema é mais do que essencial, é o que pode diferenciar uma empresa capaz de se reerguer daquelas que simplesmente não conseguem mais se manter em pé após uma crise.

Por isso, o aprendizado nesse momento se tornou um pré-requisito para que uma empresa seja aberta. Saiba lidar com as crises e se prepare para elas e o seu negócio tem mais chances de prosperar.

O que aprendemos com a pandemia do coronavírus?

A pandemia ainda não acabou, mas aprendemos muito com ela até aqui. Empresas grandes e pequenas passaram por provações com o fechamento dos comércio e com a impossibilidade de vender seus produtos.

Hoje, quem sobreviveu, já pode comemorar, porque o pior já começou a passar. Separamos abaixo alguns aprendizados que já podemos levar para nossas empresas:

1- As crises vão chegar a qualquer momento

Saber lidar com crises é um processo que muitas empresas precisaram aprender na marra. Alguns empresários já possuíam um departamento com gestão de possíveis crises - e estes conseguiram lidar bem com a pandemia, pois já tinham a preparação necessária, mesmo que não exatamente para algo com essa proporção.

Mas quem acreditava precisar se preocupar com uma crise apenas quando ela acontecesse e não realizou projeções de riscos, realmente passou por grandes problemas. Por esse motivo, a pandemia nos trouxe o conhecimento de que não podemos subestimar as crises que podem vir a seguir. Algumas atitudes se mostraram extremamente necessárias:

  • A gestão de riscos é algo que muita gente desconhecia e que ajudou muito a lidar com a crise do coronavírus. Trata-se de um trabalho que tenta reunir os maiores riscos que uma empresa pode vir a enfrentar e como lidar com eles. São projeções, relatórios e ações que minimizem os danos quando os riscos se concretizam. Apesar da pandemia ser algo difícil de prever, era possível prever situações similares, como uma crise econômica global.

  • Existem setores que sofrem mais com crises globais do que outros. Comércios essenciais, de bairro ou de cidades menores, tendem a ter um impacto menor, porque nunca param totalmente suas atividades e também porque seus ganhos já são menores do que os das grandes empresas - consequentemente, seus gastos também. Mesmo assim, contar apenas com os clientes entrando e saindo diariamente nunca pode ser a melhor forma de lidar com crises que vão chegar em algum momento. E a pandemia nos ensinou o quanto ter reservas e um plano de ação pode fazer diferença.

2- A contabilidade é a melhor forma de lidar com crises

Como as crises podem chegar a qualquer momento, aprendemos que o contador é mais do que alguém que simplesmente resolve problemas de burocracias. Conseguimos entender, mesmo que de maneira dolorosa, que uma boa contabilidade pode e faz a diferença entre uma empresa que consegue sobreviver às crises e uma empresa que sucumbe aos momentos de dificuldades. 

Como contabilidade, podemos incluir:

  • Relatórios financeiros de previsão, onde a empresa consegue ter uma ideia mais clara do que irá entrar e sair nos próximos meses e quais são os riscos de clientes inadimplentes. Com uma contabilidade que se importa com esses relatórios, as empresas podem saber onde pisar e o quanto podem investir nos próximos meses para seu crescimento. 

  • Estratégias para pagar menos impostos, o que pode resultar em uma economia gigantesca a médio e longo prazo. Imagine pagar 20% a menos do que sua empresa paga de impostos? É essencial fazer isso de uma forma inteligente e, claro, sem sonegações. Existem soluções para economizar nesse sentido, ficando dentro da lei.

3- A internet pode te ajudar a se reinventar

Muitas empresas, especialmente as que vendem produtos, aprenderam mais sobre o poder da internet apenas na pandemia. O que antes gerava preconceito, hoje se provou ser a solução mais prática e rápida de conseguir alavancar as vendas: o marketing digital.

Além disso, empresas precisaram começar a investir em delivery, em apresentações online e em captação de leads. Quem já tinha uma estratégia online, saiu na frente. Quem ainda resistia à internet, precisou se adaptar e encontrou um mundo novo a ser explorado. Como muitos especialistas já indicam, após a crise é bastante possível que as pessoas continuem comprando mais pela internet do que pessoalmente, justamente porque perceberam as facilidades e até a economia que pode ser feita dessa forma. Então, abrace as tecnologias e invista em marketing digital, porque a concorrência tende a aumentar ainda mais nos próximos anos.

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe o texto nas redes sociais com seus amigos e familiares e visite nosso blog para mais artigos como esse. Até a próxima!

Comentários
Envie um comentário