É possível viver de música? Dicas para ganhar a vida com o seu sonho!

  • 161 dias
  • Fênix consultoria

Muitas pessoas se perguntam se é possível viver de música ou se esse é um sonho que está muito distante e restrito às pessoas que têm muito dinheiro para investir. Na realidade, sempre é preciso uma boa dose de talento e de persistência para conseguir viver como artistas, porém, mesmo que você não se torne uma pessoa famosa no momento, ainda assim poderá ganhar o suficiente para se dedicar ao que ama - desde que faça um bom planejamento para tal. No texto de hoje, separamos algumas dicas que vão te ajudar a entender como é possível viver de música e quais são as principais formas de fazer isso! Confira abaixo! Dicas para que você possa viver de música!

Separamos abaixo algumas dicas de como você pode viver de música, mesmo que de forma suficiente para se manter - sem que você tenha que necessariamente se tornar um popstar e ficar muito famoso. Vamos dar dicas sobre como é possível ter uma carreira tranquila e se dedicar 100% à sua arte. Veja!

1- Faça um planejamento financeiro A primeira dica, sem dúvidas, é que você faça um planejamento financeiro adequado para o seu negócio. Para isso, é importante que haja a ajuda de profissionais da área de contabilidade ou mesmo de BPO Financeiro, que podem encontrar soluções adequadas para você, sem que isso signifique gastos muito elevados. Mesmo sendo músico, é preciso lidar com a sua carreira como se estivesse lidando com uma empresa, porque será isso que te ajudará a ter mais noção de finanças e poderá em um futuro próximo viver apenas da música, sem que seja preciso trabalhar durante a semana para se manter, por exemplo. Então, planeje sua parte financeira. Como? Algumas dicas: - Sempre mantenha uma planilha de entrada e saída de dinheiro. Recebeu um cachê mais elevado? Guarde uma porcentagem para investir no seu negócio, seja com divulgação do seu nome, com presença nas redes sociais, etc.

Faça o que chamamos de Capital de Giro e tenha sempre uma reserva. - Procure sempre se manter em dia com suas obrigações contábeis e tenha contato direto com o seu contador. Ele vai te ajudar a entender quais são as declarações que você deve entregar e quando isso deve ser feito para que você não perca nenhum prazo e, consequentemente, não precise pagar multas.

2- Formalize-se O contador vai te ajudar nesse sentido, mas é válido você saber a importância da formalização. Como músico autônomo, muitos artistas deixam de contribuir para o INSS e, muitas vezes, não podem se aposentar devido a isso. Além disso, para a Receita Federal, quem não paga impostos está cometendo o crime de sonegação e você pode ter problemas caso comece a acumular rendimentos um poucos mais elevados. Então, para evitar qualquer problema, se formalize. Algumas dicas: - Saiba quanto você ganha por ano para ter uma ideia melhor de como se formalizar. Para músicos com um rendimento não tão alto, o ideal é abrir uma ME, ou seja, uma Microempresa. - Vale também saber que Regime Tributário utilizar.

De modo geral, os contadores costumam indicar o Simples Nacional, mas ele irá decidir ir considerando os seus rendimentos e até mesmo se você tem ou não colaboradores. Ao se formalizar, você tem direito à aposentadoria e até mesmo ao afastamento pelo INSS, caso precisar. Além disso, é obrigatório por lei pagar impostos e você não deve nunca sonegá-los, independente do quanto ganha por mês como músico. Procure sempre fazer as escolhas mais corretas nesse sentido e faça da sua carreira algo sólido.

3- Tenha objetivos Você quer viver de música e, para isso, é preciso saber quais são os caminhos possíveis para que realmente exista a possibilidade de que o seu sonho se torne realidade. Então, procure sempre ter objetivos e segui-los atentamente. Umas dicas: - Tenha ajuda de consultores como os profissionais da Fênix Consultoria. Eles vão te dar um panorama mais atual da música no Brasil e te ajudar a consertar seus erros. - Procure sempre enxergar a música como um trabalho. Logo, seja responsável, não falhe com clientes e não misture as coisas. Amar o que você faz não significa que você pode fazer de qualquer forma.

Quem tem postura profissional chega muito mais longe. - Esqueça a ideia de que apenas os músicos famosos vivem de música. Ganhar um pouco menos, porém, de forma constante, também faz de você um músico de sucesso e que merece reconhecimento. Meça o seu sucesso a partir do momento em que você pode se dedicar ao que ama e não ao quanto é reconhecido na rua. - Não se preocupe em começar de baixo. Estude e invista em você e tenha consciência de que todo investimento traz um retorno, seja ele qual for!

4- Divulgue-se Sem dúvidas, essa é a dica mais importante de todas. Quem não se divulga, dificilmente consegue novos trabalhos e, melhor, trabalhos que tragam uma boa remuneração. Nos dias de hoje, depender apenas das indicações é se limitar. Procure estar presente nas redes sociais, crie um blog, monte um canal no youtube e se mostre ao mundo! Assim, empresas melhores vão fazer questão de te chamar! Se você tem dúvidas para saber de onde começar e não conhece os principais mecanismos de divulgação, nos procure para que possamos te ajudar nesse sentido. Faça da sua música a sua profissão!

Gostou das dicas de hoje como viver de música? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos!

Até a próxima!

Comentários
Envie um comentário