Plano de retomada das empresas - Dicas para recomeçar!

  • 44 dias
  • Fênix consultoria

A retomada das empresas tem sido um grande desafio para os donos dos negócios. Porém, é sempre possível recomeçar, desde que isso seja feito com cuidado e preparo. No texto de hoje, separamos algumas dicas para te ajudar nesse momento tão delicado e que exige tanto de nós, empreendedores. Confira abaixo!

4 dicas para fazer um bom plano de retomada na sua empresa

Vai voltar à ativa? Separamos dicas que podem te ajudar muito a conseguir fazer isso da melhor forma possível. Veja abaixo!

1- Comece revendo sua parte contábil e com a legislação

A primeira dica é uma das mais importantes para as empresas que vão retomar suas atividades em breve ou que já reabriram as portas. Com a pandemia, muita coisa mudou em relação à legislação e não é incomum encontrarmos empresas que esquecem das adequações que serão necessárias nesse sentido.

A dica para que nada saia do controle é tentar se ater a todas as mudanças que vem ocorrendo nas legislações da sua cidade especificamente, garantindo que sua empresa esteja cumprindo cada uma delas. Exemplos:

-Legislações trabalhistas que foram alteradas devido à pandemia, como carga horária do trabalhador, maneira como ele deve trabalhar, direitos básicos, etc.

-Legislação sobre horário de funcionamento, que é uma das que mais podem resultar em multas e que algumas empresas estão esquecendo de prestar atenção.

-Legislações sobre regras básicas de distanciamento e também se sua cidade permite ou não a abertura do seu comércio, por exemplo.

Além disso tudo, é válido rever a parte contábil, observar se os tributos estão pagos, se mudou algo em relação aos prazos do pagamento de impostos, etc. Tudo isso pode e deve ser feito com a ajuda do seu contador. Peça a ele uma reunião por vídeo para que haja mais clareza dos próximos passos nesse plano de retomada.

2- Passe um pente fino nas finanças

Outro setor da empresa que merece cuidado redobrado é o financeiro, um dos mais prejudicados e que mais irá ser requisitado nesse momento de retomada. Aqui, vale tudo, desde a soma dos prejuízos até os planos de ação para que a empresa consiga começar a se recuperar. Algumas dicas são válidas:

- Procure ma contabilidade que seja especialista em BPO Financeiro. Essa ajuda será muito importante para empresas que ainda estão em fase de recuperação ou que não sabem exatamente como agir para saírem da crise. Embora pareça difícil no momento, há válvulas de escape que podem ser excelentes.

- Muitas vezes, o problema financeiro pode ser facilmente resolvido com algumas mudanças práticas, como a diminuição dos gastos ou mesmo uma nova forma de atuação. É importante saber entender o que causou o problema para saber como resolvê-lo. De qualquer forma, a crise bateu à porta de todos e o mundo inteiro precisará se recuperar.

Mesmo que sua empresa não tenha sido excessivamente afetada, o pente fino nas finanças será muito útil e interessante, já que não sabemos o que está por vir nos próximos meses. É essencial se preparar e manter o caixa o mais organizado possível para evitar surpresas no futuro.

3- Faça uma nova pesquisa de mercado

O mercado mudou e, com ele, muitas coisas mudaram junto. Sua empresa agora pode estar concorrendo com outros tipos de negócios que foram surgindo em meio às crises, como novos aplicativos, novas formas de atuação e até novos produtos parecidos com o seu. Por esse motivo, é essencial procurar ajuda e tentar de todas as maneiras encontrar soluções viáveis para se adaptar nesse cenário que é diferente para todos - mas que foi bem aproveitado por algumas pessoas.

Faça uma boa pesquisa, reveja seus conceitos sobre seus produtos, inove e aprenda cada vez mais. Se tem uma coisa que a crise nos ensinou é que nada está 100% sob o novo controle e que todas as empresas precisam se preocupar o máximo possível para se manterem atualizadas e ligadas no movimento do mercado. Invista em novas tecnologias, conheça seus novos concorrentes e encontre formas de atuação diferentes daquela que você está acostumado. Isso irá te ajudar muito!

4- Preocupe-se com a segurança dos colaboradores e clientes

Por fim, uma dica essencial para quem irá retomar as atividades é se preocupar com a segurança de todos os colaboradores e dos clientes. Muito mais do que a obrigação de fazer isso devido à legislação da sua cidade, é importante ser realmente empático com pessoas que estão na sua empresa para levarem o sustento para suas famílias - e, por isso, correm mais riscos diariamente. Algumas dicas podem ajudar:

-Ajude os funcionários a entenderem a importância do distanciamento social e faça questão de colocar avisos aos clientes que os lembrem o tempo todo disso. Essa é uma atitude que irá manter seus funcionários seguros e mostrará aos clientes que ali existe uma preocupação real com a saúde deles.

-Disponibilize sempre itens de higiene e nunca deixe-os em falta. Álcool em gel, toalhas descartáveis, sabonetes e outros itens são fundamentais. Eles precisam fazer parte do dia-a-dia da empresa e você será responsável por isso.

-Faça sempre uma vistoria para garantir que todos estão de máscaras e, se possível, disponibilize máscaras descartáveis para os funcionários. Certifique-se de que eles estão trocando-as a cada duas horas e que estão cumprindo as regras.

Gostou das dicas de hoje? Não deixe de visitar nosso blog para mais textos e compartilhe nas redes sociais com seus amigos. Juntos, vamos voltar à normalidade e seguir com nossas empresas prosperando!

 

Comentários
Envie um comentário